17 de março de 2015

RESENHA: O Guia do Mochileiro das Galáxias – Douglas Adams (SPOILER ALERT)

O tamanho dos livros engana, eles têm cerca de 150 páginas cada, mas o enredo é rico em informações, razão pela qual, às vezes, é necessário reler alguns trechos do livro para que você não fique sem entender. O enredo do livro me lembra do roteiro de Futurama, de Matt Groening, com seu humor ácido, suas tiradas sarcásticas e a criatividade de cenários e pessoas.
Se gostar do resumo, aconselho a ler os livros integralmente, possuem partes muito engraçadas e partes muito loucas, que não entraram no resumo.
Então pegue sua toalha e lembre-se de não entrar em pânico.

Livro 1: O Guia do Mochileiro das Galáxias
O terráqueo Arthur Dent e seu amigo ET, Ford Prefect, pegam uma carona em uma nave segundos antes da demolição da Terra.
Depois de torturados e expulsos, são resgatados pela nave Coração de Ouro, com o fugitivo presidente do Governo Imperial Galáctico, Zaphod Beeblerox, sua companheira (terráquea), Trillian, e seu robô paranoide, Marvin, que estão em busca do planeta lendário Magrathea, que funcionava como fábrica de planetas sob medida.
Lá, descobrem que a Terra foi criada sob encomenda por ratos [é isso mesmo, produção], como laboratório para descobrir a Questão Fundamental da Vida, do Universo e Tudo Mais. Depois de negar-se a entregar seu cérebro e de fugir dos policiais que estavam atrás de Zaphod, eles seguem em direção ao Restaurante no Fim do Universo.
Livro 2: Restaurante no Fim do Universo
Rumo ao Restaurante no Fim do Universo, Arthur paralisa toda a nave no meio de um ataque [sempre ele]. Eles conseguem escapar com a ajuda do bisavô de Zaphod, porém Zaphod e Marvin são enviados para o planeta onde fica a sede do Guia do Mochileiro das Galáxias.
Zaphod se esconde na sede do Guia, porém as naves que o perseguem, simplesmente, capturam o prédio inteiro e o levam para Frogstar, onde irá passar pela mais terrível tortura do universo. Ninguém jamais sobreviveu, mas Zaphod saiu normalmente. E, nas ruínas de um prédio, descobre que sua nave estava escondida no botão de seu paletó. Daí, junto com sua tripulação, segue para o Restaurante no Fim do Universo.
Durante o jantar, eles saem e “roubam” uma misteriosa nave que está com o piloto automático travado para mergulhar num sol, durante o show. Nos últimos momentos, conseguem se tele- transportar, mas Arthur e Ford acabam em uma nave cheia de limpadores de telefone, gerentes de conta, etc, que se chocou com a Terra pré-histórica e iniciam a civilização.
Livro 3: A Vida, o Universo e Tudo Mais
Depois de cinco anos presos na Terra Pré-Histórica, Arthur e Ford pegam carona em uma anomalia espaço-temporal e são lançados no meio de um campo de críquete em 198-, onde reencontraram Slartibartfast, que os leva para recuperar cinco artefatos que formavam a chave que prende o povo de Krikkit e os impede de destruir todo o restante do universo.
Mas em uma festa (onde um dos artefatos estava), Arthur encontra Trillian com Thor [sim, o Deus do Trovão, só que nada heroico] e, para livrá-la dele, acaba atrasando toda a equipe e os robôs conseguem montar a chave e abrir a envoltório que prendia o povo de Krikkit. Eles vão para Krikkit na tentativa de salvar o universo e lá descobrem que tudo era um plano de um computador que queria se redimir da falha em criar uma bomba para destruir todo o universo. Mas, depois de muita conversa, Trillian convence o computador a se autodesativar de vergonha pelo fracasso.
Depois de toda confusão, Arthur retorna a Krikkit, agora pacífico e campestre novamente, para viver sua vida tranquilamente.
Livro 4: Até mais, e obrigado pelos peixes!
Depois de alguns anos se aventurando pelo Universo, Arthur retorna ao planeta Terra [não, você não está maluco… ainda]. Tudo parece estar exatamente igual e, para muitos, o ataque vogon e a demolição da Terra foi apenas uma alucinação em massa.
Durante a ida para casa, Arthur encontra Fenchurch, uma garota misteriosa que sofre de certos “problemas” desde o ataque vogon, e, após vários coincidentes encontros, eles se apaixonam. Juntos, vão atrás de respostas. Vão atrás de Wonko, o São, que diz receber mensagens de anjos e saber sobre o desaparecimento dos golfinhos.
Ao voltarem para casa, Arthur e Fenchurch decidem ir ao planeta Preliumtarn para ler uma suposta mensagem de Deus à sua criação. Em casa, reencontram Ford e pegam carona em uma nave que fez uma [discreta] visita ao planeta. Ao chegarem a Preliumtarn, começam uma peregrinação até o local da tal mensagem, no caminho encontram Marvin acabado e o carregam até o local da tão famosa mensagem. [Não contarei qual é a mensagem, muahahaha]
OBS: O epílogo explica que a Terra ainda está “sã e salva” por causa de se localizar numa Zona Plural de várias dimensões.
Livro 5: Praticamente Inofensiva
Arthur viaja pelo universo em busca da Terra (ou de algo parecido) à custa da venda dos seus fluídos corporais, mas sofre um acidente e é o único sobrevivente em um planeta retrógrado chamado Lamuella, onde passa a viver como Fazedor de Sanduíches.
Ford invade a (nova) sede do Guia do mochileiro das Galáxias, que agora não tem mais o clima descontraído de antes e descobre um Guia versão II, que pode causar muitos problemas, por isso o envia para Arthur [amigo da onça]. Enquanto isso, Trillian aparece em Lamuella com a filha Arthur [Como? Lembra dos fluídos?] para ele cuidar por um tempo. Quando o pacote de Ford chega, Random (filha de Arthur) foge com ele e, ao descobrir o conteúdo, vai para outra dimensão, onde encontra Tricia McMillan (sua mãe, numa versão arrependida por nunca ter saído da Terra).
Quando Arthur e Ford se reencontram, partem para outra dimensão pegando carona num bando de Bestas Perfeitamente Normais em migração. Lá encontram Random, Trillian e Tricia [as duas sim… confuso né?] num clube. Enfim, Random mata por acidente Agrajad [demorei para entender que era ele] como ele havia predito para Arthur livros atrás. Depois disso, eles apenas sentam e esperam o fim iminente (desta) Terra [de novo].
E assim termina o livro…

Mas vamos ver o que a [teórica] continuação nos trás. Mas isso só num post mais para frente…

Resenha em vídeo no canal: