31 de março de 2015

TOP LIVROS: Livros Interativos

Como diz certa frase que li em uma caneca: “Mentes criativas pintam fora das linhas.”
E quando eu estou lendo um livro, às vezes, eu sinto falta de um livro de um jeito que só eu sei. Então, como pessoas criativas que somos, nada melhor do que fazer o livro que queremos ler. Mas aparece a questão: Como começar, se eu não sei como começar a fazer um livro?

Por isso, hoje, eu trouxe para vocês uma pequena lista de livros interativos que podem ajudá-los, tanto a começar um enredo, quanto ter outras ideias para o livro.
Ø  Termine este livro – Keri Smith


Comecemos falando sobre roteiros. Que tal um mistério em torno de um “Manual de Instruções” com folhas faltando largado num banco de praça?
Esta é a proposta do “Termine este livro” da escritora Keri Smith. Mas não pense que você vai receber um livro em branco para já começar logo de cara. Primeiro você passará por um treinamento de espionagem, documentação e observação, e procedimentos de exame de artefatos, para só depois você iniciar sua “missão” de completar este “Manual de Instruções” misterioso.
Ø  Destrua este diário – Keri Smith


AVISO: Baixar este livro em versão digital poderá trazer danos ao seu aparelho digital de leitura.

O livro “Destrua este diário”, também da escritora Keri Smith, traz uma coleção de desafios questionáveis e perturbadores a serem feitos com o livro. Ele tem o objetivo de encorajar os leitores a praticarem esses “atos destrutivos” para estimularem a criatividade e imaginação de uma maneira bem ousada e divertida, experimentando assim o processo criativo verdadeiro por trás da arte, aliás, o lema do livro é “Criar é Esculhambar”.



Ø  1 Página de cada vez – Adam J. Kurtz


Agora, se bateu aquele desânimo ou você começou a se sentir deprimido, ou até mesmo irritado, eu receito um tratamento intensivo com o livro “1 Página de cada vez”, do designer gráfico Adam J. Kurtz.
Com 365 páginas de atividades a serem feitas durante um ano, você será encorajado a preencher as páginas de formas inesperadas: desabafando alguns sentimentos negativos, respondendo àquela crítica (ou não) ou, simplesmente, refletindo sobre algo que não deu certo no seu dia ou momentos felizes pelos quais você passou no último mês.
Uma parte interessante é que em alguns momentos você será convidado a compartilhar as páginas do livro nas redes sociais. E além de desafios e palavras de motivação, rola até um “easter egg” (desafio escondido), espalhado pelo livro.